pitaco

Tem dúvidas sobre o Pitacodemia? Ou sobre como contribuir? Essa página vai responder algumas das dúvidas mais frequentes que tenho recebido.

Vamos às perguntas:

- Mas afinal, o que é o Pitacodemia?

R: Bom, isso está explicado na página Sobre, bem como no primeiro post, e na página do Facebook. Mas, como amo tanto a ideia, não ligo de falar quantas vezes precisar: o Pitacodemia é um blog de listas de referências bibliográficas em qualquer assunto, tema ou área. O que significa: as postagens são baseadas em temas (ex: referências sobre Estudos de gênero, referências sobre Lógica de Programação, etc) e contêm entre 5 a 10 referências. Para funcionar com o maior número de temas e referências possíveis, o Pitacodemia funciona com contribuições de pessoas, que podem vir de qualquer área.

- Quem pode contribuir?

R: TODOS e TODAS! Isso mesmo: todo mundo que tiver um assunto de interesse, pesquisa ou predileção, e tenha referências sobre para compartilhar. O que significa que o Pitacodemia não é um blog apenas para acadêmicos ou pesquisadores: todo mundo que tiver pitacos em áreas de interesse pode contribuir. Uma das motivações do blog é ampliar o acesso de conhecimento produzido mundo afora via internet, e isso envolve tanto conhecimento produzido na academia quanto conhecimento produzido fora dela. Portanto, não se acanhe: tem algum tema que gosta e tem referências sobre, contribua!

- Como faço para contribuir?

Bom, essa pergunta é ótima pois indica que você esta interessado(a). Vamos lá! Há duas formas de contribuir: (1) pela página Contribuições, na qual tem um formulário com os itens básicos que preciso para fazer uma postagem com sua contribuição ou; (2) enviando um email para contribuicao@pitacodemia.com com os seguintes itens: seu nome, título do tema/área, um ou dois pequenos parágrafos falando um pouco do tema/área (para introdução àqueles que não conhecem), lista com 5 a 10 referências, e (se quiser) um link de contato pessoal (pode ser qualquer um que desejar: About.me, Facebook, Academia.edu, Currículo Lattes, Linkedin, Twitter.. só não vale o Tinder, até porque né…). Ah, se quiser também pode mandar fotos, caso queira que seu post tenha determinada ilustração.

- Legal, você recebe as contribuições todas e tal, mas como escolhe o que vai para o blog?

R: Boa pergunta. Bom, até o momento não tive problemas em relação às contribuições que recebi. No entanto, existe a possibilidade de eu bloquear alguma contribuição caso ela esteja fora do escopo do blog. Claro, e imagino que isso vá acontecer raramente, caso isso aconteça a pessoa que enviou a contribuição será informada dos motivos. Aliás, sempre o contribuinte será informado sobre o destino de sua contribuição, seja que será postada ou bloqueada. Outra coisa importante: tenho postado de acordo com a ordem de chegada dos posts. Eventualmente, dependendo de um contexto específico (como o primeiro post, que foi uma homenagem a um autor por conta de uma data comemorativa), posso adiantar um post. Mas a dinâmica principal é essa: ordem de chegada.

- Você pode alterar o conteúdo das contribuições que recebe?

R: Sim posso. Mas apenas como forma de adequação de texto ou forma para o blog. A essência da contribuição (o assunto e os conteúdos da lista de referências) em hipótese alguma será modificada.

- O blog é copyright? Você vai ganhar dinheiro com as contribuições?

R: Algumas pessoas têm me perguntado sobre isso, e acho importante esclarecer. Primeiro: a proposta do blog é colaborativa, ou seja, grande parte do que é postado vem de pessoas que contribuem. Dessa forma, em nenhuma circunstância vou vender ou lucrar diretamente com as contribuições que recebo. Tudo que está postado no blog pode ser compartilhado, divulgado, usado livremente, mas não vendido por uma razão justa: se não estou vendendo as contribuições das pessoas (o que envolve contar com a confiança delas), não faz sentido que alguém o faça. Por isso, licenciei o blog como Atribuição não-comercial no Creative Commons. Talvez o blog possa ser rentabilizado em outros quesitos (parcerias, ads), mas confesso que não pensei sobre isso. O que é importante para mim, no momento, é promover o propósito do Pitacodemia: ampliar acesso a referências em temas e áreas diversas. Esse é o foco, e nisso que estou pensando agora ;)

 

Dúvidas tiradas? Se tiver mais, mande um email para contato@pitacodemia.com.